Basquete

Vasco vence a segunda seguida e prolonga má fase do São José no NBB

0

No único jogo na noite desta quinta-feira, o Vasco recebeu o São José no Ginásio de São Januário em busca de embalar de vez no Novo Basquete Brasil. E fez lição de casa. Diante de sua torcida, venceu com tranquilidade pelo placar de  81 a 77.

Com o resultado, o cruzmaltino emplaca a segunda vitória seguida, a quarta em nove jogos, ultrapassando o Corinthians e igualando o aproveitamento do oitavo colocado Joinville. Do outro lado, o São José conhece sua oitava derrota em dez jogos, a quinta derrota consecutiva, ficando com a mesma campanha do lanterna Basquete Cearense.

Neste sábado, às 14h (de Brasília), o Vasco entra em ação novamente em sua casa, desta vez para o clássico carioca contra o Botafogo. O São José, por sua vez, faz o último jogo da série de cinco fora de casa na próxima quarta-feira, quando visita o Corinthians no Ginásio Wlamir Marques.

O Vasco foi melhor desde o início. Abriu 7 a 0 logo na primeira metade da parcial inaugural, vantagem que seguiu aumentando e se mantinha na casa dos oito pontos. No fim do período, o São José cresceu de produção, emplacou boa sequência de pontuação e encostou no marcador, ficando com apenas um ponto a menos. O time da casa, porém, se impôs nos segundo finais e conseguiu vencer o quarto por seis pontos: 19 a 13.

O começo da segunda parcial foi mais equilibrado, mas o cruzmaltino logo voltou a abrir vantagem e colocou dez pontos de frente a cinco minutos do intervalo. Na segunda metade da parcial, a diferença ainda cresceu mais e o Vasco terminou o primeiro tempo com 13 pontos a mais que os adversários: 37 a 24.

Na volta do intervalo, o São José demorou quase metade do terceiro período para pontuar, enquanto o Vasco aproveitou para aumentar ainda mais a vantagem, que chegou a ser de 20 pontos e terminou em 19 ao fim da parcial: 62 a 43.

No quarto e último período, o cruzmaltino já entrou em quadra tirando o pé, e o São José aproveitou para pontuar e diminuir a diferença no marcador. A vantagem dos anfitriões, porém, era muito confortável e voltou a ser ampliada com o passar do tempo, ficando na casa dos 15 pontos. No fim do quarto, porém, os visitantes subiram de produção e encostaram no placar, terminando apenas cinco pontos atrás.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

Escrever um comentário