Basquete

Popovich se diz emocionado com alto nível apresentado por Derrick Rose

0

A atual temporada da NBA tem sido especial para Derrick Rose e todos os seus fãs. Isso porque o armador de 30 anos de idade voltou a jogar em alto nível, repetindo atuações de seus tempos áureos, como jogador do Chicago Bulls, pelo qual foi eleito Melhor jogador da temporada regular em 2011.

Após anos enfrentando lesões, o jogador do Minnesota Timberwolves voltou a emocionar os amantes de basquete, incluindo o técnico Gregg Popovich, do San Antonio Spurs, quem faz questão de celebrar o retorno de seus melhores dias.

“Eu estou empolgado porque Derrick era um dos melhores jogadores da liga. Era fantástico, uma força dentro de quadra e muito forte para sua posição. Então, de repente, as lesões vieram e tudo parecia acabado. Quando vemos um cara voltar assim, depois de tanto tempo lutando, você fica emocionado. É algo emocionante”, afirmou, em entrevista concedida à ESPN norte-americana.

Em 30 partidas disputadas nesta temporada, atuando cerca de 29 minutos por jogo, Rose acumula médias de 18,5 pontos, 4,6 assistências e 2,8 rebotes. São os melhores números do jogador desde 2012, quando ainda vestia a camisa 1 dos Bulls. No último dia 1 de novembro, inclusive, chegou a ter uma atuação de 50 pontos, a maior marca da carreira, na vitória dos Wolves sobre o Utah Jazz.

Vale destacar que, em 2011, o armador foi eleito MVP da liga anotando 25 pontos, 7.7 assistências e 4.1 rebotes de média por jogo. Derrick conseguiu o feito aos 22 anos, se tornando o mais jovem a fazê-lo, logo em sua terceira temporada na NBA. Também foi o segundo atleta da franquia de Chicago a ser nomeado, o único depois de Michael Jordan.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

Comentários

Escrever um comentário