Campeonato Espanhol

Messi afirma que gostaria que Neymar voltasse ao Barcelona: “Somos amigos”

0

Não faz tanto tempo, mas Lionel Messi sente muita falta de jogar ao lado de Neymar. Em entrevista ao jornal espanhol Marca, o atacante argentino afirmou que gostaria de atuar novamente com o brasileiro, destacando a ótima relação que tinham dentro e fora de campo, além do alto nível que tiveram, chegando a conquistar a Liga dos Campeões na temporada 2014/2015.

” Eu acho complicado. Gostaria que voltasse pelo que significa para mim, tanto como jogador quanto para o vestiário. Somos amigos, vivemos situações e momentos lindos, outros nem tanto, porém  passamos muito tempo juntos, isso é marcante. Acho muito difícil que deixe Paris, o Paris Saint-Germain não vai deixar Neymar sair”, lamentou craque argentino.

Além de falar do craque brasileiro e destacar a amizade que tem com seu ex-companheiro de equipe, Messi também falou sobre Guardiola, dizendo que também se sentiria muito bem caso voltasse a ser treinado pelo espanhol, algo que considera muito difícil de acontecer novamente.

“Mesmo sabendo que é muito difícil de acontecer, eu gostaria de voltar a trabalhar com Guardiola. É um dos melhores treinadores do mundo, sem dúvida algum. Por isso gostaria, mas aviso que isso é complicado de acontecer”, afirmou Messi, relembrando as conquistas que teve ao lado do atual treinador do Manchester City.

Por fim, o camisa 10 do Barcelona falou sobre o maior rival do clube catalão: o Real Madrid. O atleta cinco vezes melhor do mundo elogiou a história e as conquistas que a equipe madrilenha teve nos últimos anos e enfatizou que qualquer time do mundo sentiria a falta de Cristiano Ronaldo.

“O Real Madrid é um grande clube, eu tinha falado isso já há alguns meses, uma das equipes mais fortes do mundo e com jogadores de alto nível. Só que Cristiano faria falta em qualquer time que saísse, isso não tem como negar, ele faz muito gols e tem qualidades únicas. Cristiano foi um grande atleta para a Liga e para o Real Madrid”, ressaltou o atacante argentino.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

Comentários

Escrever um comentário