Sociedade Esportiva Palmeiras

Ídolo do Palmeiras, Roque Júnior coloca Gómez como destaque em 2018

0

O torcedor palmeirense está acostumado a ver grandes zagueiros no seu time e, neste ano, não foi diferente, principalmente com as atuações seguras do zagueiro Gustavo Gómez. Na opinião de Roque Júnior, campeão do mundo com a Seleção Brasileira e um dos tantos defensores de alto nível que jogaram no Verdão, o atleta paraguaio foi um dos pontos positivos do time alviverde nesta temporada.

“Ele está muito bem no grupo do Palmeiras, é uma grande peça do elenco e foi bem utilizado pelo Felipão. Ele está em uma equipe que luta sempre por títulos, então é sempre positivo ele estar jogando em alto nível, isso ajuda tanto ele como o próprio Palmeiras. Torço para que ele continue bem, melhore o quanto for possível, ele tem potencial”, afirmou Roque Júnior em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva.

Depois de um período avaliando o desempenho de Gómez, o Palmeiras concretizou a vinda do zagueiro paraguaio por empréstimo no dia 31 de julho, sendo uma aposta para melhorar o sistema defensivo. Suas atuações seguras e com poucos erros fizeram com que o defensor sul-americano ganhasse espaço com Felipão e, ao lado do jovem Luan, se fixou como a dupla de zaga do Verdão na Copa Libertadores da América e em jogos importantes também no Campeonato Brasileiro.

“O time do Palmeiras em si foi bem, conseguiu o título do Campeonato Brasileiro e melhorou ainda mais com o Felipão. A Libertadores não veio, mas isso é normal, é uma competição extremamente difícil, é um campeonato competitivo. O Brasileirão é super competitivo, equilibrado, mas as equipes nacionais precisam aprender a jogar esse tipo de competição. Quanto mais o Palmeiras jogar o torneio, mais perto de um possível título fica”, ressaltou o x-zagueiro do Verdão.

Enquanto que o zagueiro atual do Palmeiras tenta colocar seu nome na história do clube, Roque Júnior já cumpriu (e muito bem) essa missão. Com uma carreira vitoriosa, o ex-atleta jogou de 1995 a 2000 no clube alviverde, além de ter retornado em 2008, conquistando a torcida do Verdão com seu talento e pelos títulos, como o da Copa Libertadores da América de 1999.

* Especial para a Gazeta Esportiva

Fonte: Gazeta Esportiva