Campeonato Italiano

Cristiano Ronaldo condena caso de racismo na partida diante do Napoli

0

Nesta quarta-feira, o Napoli perdeu para a Inter de Milão e ficou ainda mais distante da Juventus, líder do Campeonato Italiano com uma ampla vantagem de nove pontos do segundo colocado. No entanto, o resultado em si ficou de lado já que o zagueiro do time do sul da itália, Koulibaly, recebeu ofensas raciais após ser expulso de campo, ato que foi repudiado por muitos atletas, entre eles, o craque Cristiano Ronaldo.

“No mundo e no futebol eu sempre quero educação e respeito. Não ao racismo e a qualquer ofensa e discriminação”, lamentou o atacante português em sua conta oficial do Instagram. Junto à mensagem, CR7 colocou uma foto em que enfrentou o zagueiro do Napoli, destacando que, mesmo defendendo times diferentes, jamais aceitará uma atitude com a que aconteceu na noite de ontem.

Quem também usou as redes sociais para relatar a dor que sentiu com o ocorrido foi o próprio jogador do Napoli, pedindo desculpa pela expulsão, mas destacando que nunca sentirá vergonha da sua cor de pele. “Peço desculpas pela derrota e, sobretudo, por ter deixado meus companheiros na mão. Mas tenho orgulho da cor da minha pele. De ser francês, senegalês, napolitano: homem”.

Com a derrota ontem, o Napoli perdeu a chance de encostar na líder Juventus, que apenas empatou com a Atalanta, fora de casa, por 2 a 2. Curiosamente, o time napolitano perdeu uma excelente oportunidade de vencer poucos minutos antes de tomar o gol, porém a defesa da inter tirou a bola em cima da linha.

 

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

Comentários

Escrever um comentário