Basquete

Basquete nacional lamenta morte da ex-jogadora e treinadora Laís Elena

0

De luto devido a morte da ex-atleta e treinadora de basquete Laís Elena, a Liga de Basquete Feminina, por meio do presidente Ricardo Molina, agradeceu as contribuições e o legado deixado pela paulista no esporte nacional e se dedicou em honrar a imagem da histórica atleta do Santo André e da Seleção Brasileira.

“Este é o dia mais triste de todos estes nove anos de existência da Liga de Basquete Feminino. A LBF, assim como os seus clubes, só tem a agradecer pelo privilégio de compartilhar, durante todos estes anos, de sua energia e sabedoria nas quadras, como técnica, e de sua participação sempre ativa nas reuniões”, declarou Ricardo Molina.

“A construção da LBF está muito ligada ao legado que a Laís levantou na modalidade. A Liga fará de tudo para que possa honrar tudo o que ela fez pelo basquete feminino. É uma perda imensa que dificilmente será substituída”, concluiu.

Treinando o Santo André, Laís Elena foi campeã da primeira edição da LBF, em 2011. A ex-atleta morreu nesta terça-feira, em decorrência de um câncer de mama. Natural de Garça, oeste paulista, estava internada na UTI do Hospital Brasil, em Santo André.

Segundo nota divulgada pela Prefeitura da cidade do ABC, o prefeito Paulo Serra decretou luto oficial de três dias.

Outra entidade que lamentou a morte de Laís Elena foi a Federação Paulista de Basketball. A FPB citou os feitos da ex-armadora, como o pentacampeonato sul-americano (1965, 67, 68, 70 e 74), as duas medalhas de ouro nos Jogos Pan-Americanos (1967 e 1971) e o terceiro lugar no Mundial de 1971, disputado no Ibirapuera, em São Paulo.

Abaixo, veja a nota oficial do presidente da FPB:

É com grande sentimento de pesar que o presidente da Federação Paulista de Basketball, Enyo Correia, bem como toda a sociedade de basquetebol, lamenta a perda de Laís Elena, uma atleta profissional e uma técnica de alto nível, além de uma pessoa maravilhosa, que fez história no basquetebol e que ainda colhemos frutos do trabalho dela ao longo de tanto tempo que dedicou uma vida à modalidade.

Que Deus fortaleça todos os familiares, que suportem e superem essa ausência dela.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

Comentários

Escrever um comentário