Campeonato Espanhol

Barcelona fica no empate com o Valencia e perde chance de disparar no Espanhol

0

A chance do Barcelona de se isolar na liderança do Campeonato Espanhol não foi aproveitada. Neste sábado, pela 22ª rodada, o clube catalão recebeu o Valencia, saiu atrás no placar, levou o segundo, contou com a estrela de Messi para empatar, mas não saiu do 2 a 2 em pleno Camp Nou. Com o resultado, perdeu a chance de disparar na ponta e pode ver o Atlético de Madrid encostar.

Depois de um início de jogo movimentado, o Valencia abriu o placar com Gamiero e, na sequência, ampliou com Parejo, de pênalti. Na reta final ainda da primeira etapa, Messi, também de pênalti, diminuiu para o Barcelona. O argentino, inclusive, foi o responsável pelo empate, com um lindo arremate sem chances de defesa para o goleiro brasileiro Neto. Com o empate, o Baça segue na liderança com 49 pontos. Já o Valencia chegou aos 32 pontos, na sétima posição.

Na próxima rodada do Campeonato Espanhol, marcada para o próximo domingo, o Barcelona terá um duelo contra o Athletic Bilbao. Antes, porém, os catalães terão um clássico diante do Real Madrid, quarta-feira, pela semifinal da Copa do Rei. O Valencia, assim como o rival, terá o Bétis pela copa nacional antes de voltar ao Espanhol, no próximo domingo, contra a Real Sociedad.

O JOGO

Mesmo jogando no Camp Nou, o Valencia não tomou conhecimento do Barcelona nos primeiros minutos e sufocou os donos da casa com um jogo bastante vertical, criando jogadas de perigo e obrigado boas intervenções de Ter Stegen. A primeira, inclusive, foi logo no primeiro minuto e a segunda no lance seguinte. Após fazer grande defesa em chute de Parejo, o arqueiro alemão contou a sorte no arremate de Cheryshev, que parou na trave.

As duas chances criadas em poucos minutos por parte do Valencia ascenderam o jogo e o time do Barcelona, que respondeu em seguida com Messi duas vezes consecutivas. Na primeira, o argentino parou no goleiro brasileiro Neto. Na segunda, em sua jogada característica, o camisa 10 levou para o meio, mas o chute perdeu direção e saiu pela linha de fundo.

Aos poucos, a intensidade dos primeiros minutos foi cessando e dando lugar a um jogo mais estudado. Foi dessa forma que, aos 23 minutos, o Valencia abriu o placar. Após desarme de Parejo em Messi, Rodrigo armou o contra-ataque e serviu Gamiero na entrada da área, que só teve o trabalho de deslocar Ter Stegen e fazer 1 a 0 para os visitantes.

A resposta do Barcelona para o gol sofrido foi com a retomada da intensidade dos primeiros minutos. E assim que quase o placar foi igualado. Aos 26, Coutinho fez o cruzamento para a área e Garay, tranquilo, tentou a recuar para Neto. A bola, porém, ganhou velocidade e por pouco não surpreendeu o brasileiro, que fez linda defesa para evitar o gol contra.

Aos 30 minutos, o Barcelona viu as chances não aproveitadas custarem caro e o Valencia abrir 2 a 0. Em boa trama coletiva, a bola foi cruzada para área e Sergio Roberto empurrou Wass dentro da área: pênalti. Na cobrança, Parejo encheu o pé no canto alto, sem chances para Ter Stegen, e ampliou a vantagem.

Com dois gols na frente do placar, o Valencia colocou em prática uma postura defensiva, que automaticamente deu mais espaços para o Barcelona rodar a bola e criar chances perigosas. Na primeira delas, aos 37 minutos, Semedo foi derrubado na entrada da área e o árbitro apontou a marca da cal. Na cobrança, Messi deslocou Neto e diminuiu a vantagem. Nos minutos finais, os catalães ainda pararam na trave após chute de Sergio Roberto.

Diferentemente do primeiro, o segundo foi menos intenso e na mesma proporção acabou com bem menos chances criadas. Nos minutos iniciais, o Barcelona foi quem dominou e chegou a assustar em chute de Aleña da intermediária. A melhor chance, porém, saiu dos pés de Sergio Roberto, que cruzou da ponta direita e, após desvio, a bola quase surpreendeu Neto, parando na trave.

Aos poucos, o Valencia voltou para o jogo aproveitando os contra-ataques para criar perigo. E assim quase ampliou ainda mais a vantagem. Primeiro, aos 14 minutos, Rodrigo fez grande jogada individual e tocou na saída de Ter Stegen, que se sobressaiu. Depois, Cherychev cruzou e Rodrigo não alcançou.

A resposta do Barcelona para as estocadas do Valencia deu certo. Aos 18 minutos, brilhou a estrela de Messi, que recebeu de Vidal e da entrada da área tocou com muita categoria, tirando de Neto, para empatar a partida em 2 a 2. Na reta final, o Barça tentou virar o jogo, criou chances, mas parou na má precisão e nas boas defesas de Neto, grande responsável pela manutenção do empate.

Confira os outros resultados da rodada do Campeonato Espanhol: 

Levante 0 X 0 Getafe
Real Sociedad 2 X 1 Athletic Bilbao

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

Comentários

Escrever um comentário