Tênis

Amigo pessoal de Federer palpita: “Ele deve jogar por mais dois anos”

0

Atualmente com 37 anos, Roger Federer já conquistou praticamente tudo na carreira e, por isso, continua jogando profissionalmente pelo seu amor ao tênis, pela vontade de se manter vencedor e para inspirar milhões de fãs ao redor do mundo. No entanto, na opinião do alemão Tommy Haas, amigo pessoal do suíço, o maior campeão de Grand Slam da história deve continuar jogando por apenas mais duas temporadas, sendo os Jogos Olímpicos o grande objetivo do futuro.

“Eu consigo ver Federer jogando mais dois anos, pensando nas próximas Olimpíadas, algo que ele ainda não conquistou na carreira. Ele só joga 14, 15 torneios por ano e isso dá a ele tempo suficiente para treinar, passar um tempo com sua família e também de se preparar o melhor que puder para os torneios que importam. Isso é importante”, afirmou o tenista alemão durante entrevista ao ao site Tennis 365. 

Com uma carreira bastante sólida e vitoriosa, Haas é um dos contemporâneos de Federer, e enfrentou seu companheiro em 17 oportunidades, conseguindo quatro vitórias e 13 derrotas. Curiosamente, apesar do retrospecto ser totalmente favorável ao suíço, o alemão foi quem ganhou o último duelo entre eles, de virada, logo no início do torneio de Stuttgart, no ano passado.

Haas também destacou o excelente condicionamento físico de Federer. “Se os preparadores físicos e fisioterapeutas dele conseguirem mantê-lo em forma, ele tem mais variedade do que qualquer outro tenista no circuito e provou que ainda pode competir em alto nível em janeiro deste ano, quando ganhou o Aberto da Austrália”.

Em sua trajetória pelo tênis, o experiente alemão, que se aposentou oficialmente das quadras no início deste ano, conseguiu 15 títulos na carreira, além de ser o número dois do mundo durante a temporada de 2002 e conseguir a medalha de prata nas Olimpíadas de Sydney, em 2000.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

Comentários

Escrever um comentário