FernandoSem categoria

A era Sampaoli

0

O ano de 2019 será de provações e afirmações no SANTOS. Após mais uma temporada frustrante, diretoria e elenco precisam recuperar a confiança do torcedor. Para isto, o presidente José Carlos Peres arriscou em um treinador que também terminou 2018 em baixa: o argentino Jorge Sampaoli! Se teve trabalhos de destaque na Universidad de Chile, na própria seleção chilena e no Sevilla, não se pode dizer o mesmo na Copa do Mundo com a Argentina de Messi.

Fato é que Sampaoli já demonstrou ter capacidade de fazer um time jogar bonito, atacando sempre e de forma organizada, com variações táticas sem substituir jogadores numa mesma partida. No entanto, ele precisará de um elenco mais qualificado para que desenvolva suas ideias e ponha-as em prática rapidamente, pois sabemos que a paciência no Brasil é quase nula com os técnicos. O SANTOS sofreu baixas importantes no elenco, casos de Dodô e Gabigol, além de ter Rodrygo na seleção sub-20 perdendo a pré-temporada e a filosofia do novo treinador.

Apesar do pouco tempo de trabalho, já pudemos observar “trejeitos de Sampaoli” no amistoso em Itaquera e na estreia do Paulista contra a Ferroviária. Ainda há reforços que não jogaram, além daqueles prometidos pelo próprio presidente. Um lateral-esquerdo, um meia e um atacante são fundamentais para incluir no elenco. Se o mandatário cumprir sua palavra (já está atrasado pra variar) e a torcida abraçar e tiver paciência com o novo técnico, o SANTOS poderá ser competitivo durante o ano. Sampaoli tem sede por vitórias, é fissurado por trabalho e quer dar a volta por cima. Veio para o clube que precisa da mesma coisa! Os bastidores não podem atrapalhar o argentino. O torcedor será fundamental nesse apoio.

Acalmem as cornetas nesse início de trabalho!

E você? Está #fechadoComOSampaoli?

Comentários

Comentários

Escrever um comentário